Ser leitor…

Eu corri o mundo inteiro, diversas vezes mudei de vida, assumi outros nomes, muitos nomes. Fui poeta, romancista, cronista, cantor. Vivi aventuras incríveis no Himalaia, no Afeganistão, nas selvas da Amazônia e nos campos cerrados do Brasil Central. Banhei minha fronte nas águas do Mediterrâneo e mergulhei nas profundidades do Pacífico. Repousei em ilhas doRead More…

Leia Mais...

ORGANIZAR: UMA FORMA COERENTE DE ENSINAR

Faça com seus alunos uma experiência simples. Divida a turma em dois grupos e proponha a memorização de vinte palavras. O primeiro grupo, observará as palavras escritas por alguns cinco da lousa, o segundo grupo também. As palavras são idênticas para os dois grupos, mas foram arrumadas de forma diferente. Para o primeiro grupo seRead More…

Leia Mais...

ANGUSTIANTES DORES DE UM PARTO

Épocas de transição são períodos difíceis, angustiantes, amargos. Foi assim nos tempos que precederam o Renascimento, também assim no epílogo da União Soviética e em tantos, tantos outros. São momentos em que uma ordem de ideias e valores começa a morrer na expectativa de outra inusitada ordem, que chega trazendo inseguranças e incertezas, acumulando asRead More…

Leia Mais...

COMER TUDO OU COMEM BEM?

Imagine-se na fila, para se servir no restaurante. Seguindo tendência que no país inteiro se transformou em moda, esse também fornece refeições pelo sistema “self-services”. Você desembolsa um preço fixo e escolhe o que mais lhe convém, sem pensar que abarrotando o prato a proporção do custo lhe sai menor. Ao percorrer as estantes ondeRead More…

Leia Mais...

PROFESSOR CASTOR

O professor Castor, na opinião de seus alunos, era um bicho. Não por seu nome, menos ainda por sua braveza e certamente não era assim considerado por ser professor de Ciências, especializado em Zoologia. “Bicho” para seus alunos era apelido nobre e que expressava seu interesse e conhecimento, a paixão com que se entregava aoRead More…

Leia Mais...