PARA SER PROFESSOR(A) BASTA DOMINAR O CONTEÚDO, A TÉCNICA, O GIZ E A LOUSA?

crianças escola 1O educador vai muito mais, além disso. O educador precisa entender de sentimentos, de medos e sonhos, precisa sim saber muito de sua matéria, mas precisa também se interessar pelos bichinhos de jardim, pelos animaizinhos domésticos, saber das aves do céu, de fadas e bruxas, de príncipes e princesas, é preciso gostar de rir e não ter vergonha de chorar. Precisa entender de “primeiro amor” e de hormônios em ebulição da adolescência, precisa saber de regras gramaticais e de teorema de Pitágoras, mas precisa entender sobretudo de coraçõezinhos aflitos, ávidos por serem ouvidos. Educadores precisam crer em Deus para conseguir enxergar os anjos que os rodeiam.

Professores precisam falar bem e muito.

Educadores compreendem que mais importante que falar é saber ouvir, principalmente num mundo onde cada um está mais preocupado consigo mesmo, onde se fala demais e ouve-se de menos. O educador entende que pode fazer a diferença, acredita em si e acredita em seu aluno. Sabe também falar bem, mas compreende que uma palavra sua tem a mesma capacidade, tanto de aliviar a dor como de ferir mortalmente a alma de uma criança.

Um professor permanece um ano na vida de uma criança, o educador permanece para sempre, nas lembranças, nos exemplos, nos gestos, na saudade.

Professor passa; educador fica!

Celso Antunes