ELES ESTÃO CHEGANDO…

Erga os olhos e veja tudo quanto ontem você viu, mas veja com um novo olhar. As coisas lá estão e parece que nada mudou. A cidade ou a paisagem parece ser a mesma. Lá estão às pessoas, os veículos, o movimento, a pressa. Parece que nada mudou.

 Antes, muito antes já fora assim. Quando as espécies que antecederam aos humanos erguiam o olhar, imaginavam ver o que antes viam. As coisas lá estavam e parecia que nada havia mudado. Mas, a linguagem acabara de ser inventada e desde então nada mais seria igual ao que fora antes. Terminava a vida sem sentido, a caminhada sem destino, o eterno viver em permanente agora. Com a linguagem chegava aos poucos o pensamento, a reflexão, a dúvida, a curiosidade e a procura. Os tempos já não mais eram os mesmos e em pouco se inventaria a roda, o muro, as armas, a vila, os sonhos, o porvir. Os pré-humanos cediam lugar aos humanos e com eles, com sua linguagem e pensamento, o mundo ganhou outra forma e outro sentido e vieram às cidades e os campos cultivados, as estradas e os aviões, as bombas e o terrorismo, a arte, a música e os museus. O computador e a internet.

Os humanos, como eu ou você, que hoje erguem o olhar, pensam ver o que ainda ontem viam e supõe que nada mudou, mas a internet fez que desde agora as coisas não mais fossem como antes. Os humanos cedem lugar aos pós-humanos e com eles o pensamento de universaliza, as comunicações se tornaram mundiais, a ansiedade e a pressa chega para modelar os novos tempos. Não mais precisamos da memória cerebral e carregamos o mundo inteiro em nosso bolso; o celular ou o smartphones é ao mesmo tempo nosso escravo e nosso Senhor.  O mundo ganha outras formas o que antes se fizera sólido, em líquido se transformou. Muda o pensamento, muda a linguagem e embora não parece tudo está mudando. Erga os olhos e veja tudo quanto ontem você viu, mas veja com um novo olhar.

As coisas lá estão e parece que nada mudou, mas, isso é uma furtiva ilusão. Abrem-se as portas de fantásticos novos tempos e ao nos levantarmos da cadeira perceberemos em nosso redor e até onde os olhos alcançam resplandece um espaço inteiramente novo. É o fantástico nascer dos novos tempos e o mundo ganha outra forma, outro sentido. É a hora e a vez dessa garotada formidável, com suas tatuagens, chinelos, skates e celulares ou smartphones. Não perca nem mais um segundo, pois estamos sendo convocados para ensinar e aprender. Saiba viver plenamente os tempos pós-humanos que agora nos convidam. Faça-se protagonista deste novo mundo fantástico, deste admirável nascer de novos tempos.