Celso Antunes encerra jornada pedagógica 2015 em Itamaraju.

A Jornada Pedagógica da rede pública municipal de ensino de Itamaraju, iniciada na última segunda-feira (02/02) com encontro no auditório do CESESB, está tendo continuidade com palestras, oficinas e trabalhos de planejamento em várias escolas do município. Só na última terça-feira, aconteceram oito oficinas e uma palestra, com participação de todos os servidores da Educação.

imprensa-itamaraju

Para a Educação Infantil, que tem a coordenação da professora Cosmira Martins, foram duas oficinas na terça-feira. A primeira, “Currículo escolar”, direcionada principalmente a formadores, realizada na Escola Municipal Rui Barbosa no período matutino; enquanto a segunda, “Música na educação”, aconteceu à tarde no Centro de Convivência do Idoso, ministrada pelo professor Estevan Ferrari.

Para os educadores que atuam nos anos finais do Ensino Fundamental, também chamado de Ensino Fundamental II, que engloba 6º, 7º, 8º e 9º anos, as oficinas aconteceram por área de conhecimento durante todo o dia de terça e quarta-feira (manhã e tarde) no Colégio Municipal Reitor Edgard Santos. Os educadores das unidades da sede e do campo foram divididos por área (Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia e Ciências). Por determinação da Secretaria Municipal de Educação, os articuladores de área foram incumbidos de atuar como formadores nas oficinas. Cada articulador teve a liberdade de escolher o tema e elaborar o projeto de todo o conteúdo trabalhado.

imprensa-itamaraju2

O articulador é o profissional que acompanha e auxilia os professores de sua área, sugerindo formas de trabalho do conteúdo, elaborando projetos de intervenção, zelando pelo cumprimento do programa, e, avaliando as dificuldades e aprendizagens dos alunos. Dessa forma o articulador atua também como coordenador pedagógico. Atualmente sete articuladores desempenham papel demasiadamente importante para a garantia do nivelamento da qualidade do ensino no município.

Na oficina de ciências, a formadora, professora Nilsilane Nascimento da Silva, 44 anos, licenciada em Ciências Biológicas pela UNEB, que também é articuladora na área de ciências para professores dos anos finais do Ensino Fundamental, trabalhou com experimentos que podem ser utilizados como subsídio para os conteúdos ensinados em sala de aula. Para as experiências foi usado material reutilizável, ou material alternativo, o que, segundo Nilsilane, torna acessível o custo dos experimentos até para os próprios professores.

imprensa-itamaraju3

Durante a eletrólise da água, um dos experimentos feitos na oficina, os professores puderam acompanhar de perto, o líquido se decompondo, por meio de corrente elétrica, nos gases hidrogênio e oxigênio; e na cromatografia, os professores acompanharam cores secundárias sendo transformadas nas cores primárias que deram origem a elas. Os 18 professores dá área que participaram da oficina ficaram maravilhados com o que viram, “é uma prova de que esses experimentos podem prender a atenção também do aluno e aguçar sua curiosidade, o que pode ser muito positivo para o processo de aprendizado”, explica Nilsilane.

Quanto à educação inclusiva, tema escolhido para a jornada pedagógica deste ano, uma palestra e uma oficina capacitou servidores para o convívio com os que têm necessidades especiais. As atividades aconteceram terça-feira na Escola Estadual Polivalente, pela manhã, e, no Reitor Edgard Santos à tarde. No período matutino foi ministrada a palestra “A rede de apoio à inclusão e as salas de recursos multifuncionais”, proferida pela professora Vera Lúcia Martins Liu, para diretores, coordenadores e professores das salas de recursos multifuncionais.

imprensa-itamaraju4

No período vespertino, uma oficina abordou “a prática pedagógica do professor das salas de recursos multifuncionais”, mediada pela professora, psicopedagoga e especialista em Educação Inclusiva Especial, Maria Aparecida Campos. O detalhe é que a oficina aconteceu na sala de recursos multifuncionais do Reitor, dirigida a professores que vão atuar nesses espaços, o que proporcionou um enriquecimento na transmissão do conhecimento para os participantes.

A Jornada Pedagógica 2015 será encerrada nesta sexta-feira (06/02) às 19 horas com palestra proferida pelo consultor educacional do Canal Futura, professor e escritor, Celso Antunes. Com mais de 100 livros sobre educação e cerca de 180 livros didáticos já publicados, Celso Antunes, 77 anos, é um dos mais respeitados pensadores da atualidade.

imprensa-itamaraju5

O paulistano Celso Antunes possui bacharelado e licenciatura em geografia, é especialista em inteligência e cognição, e mestre em ciências humanas pela Universidade de São Paulo (USP 1968/1972). Já atuou como membro da Associação Internacional pelo Direito da Criança Brincar (UNESCO), embaixador da Educação pela Organização dos Estados Americanos, e, membro fundador da entidade “Todos pela Educação”. Suas obras já foram publicadas em vários outros países, entre estes, Argentina, México, Peru, Colômbia, Espanha e Portugal. Suas palestras já foram assistidas em mais de 500 municípios distribuídos em todos os estados do país e no exterior, agora chegou à vez de Itamaraju.

Por Nilson Chaves

Fonte: Link