O DIRETOR: UM LÍDER DA ESCOLA

De fato e por direito, deve, o diretor, merecer a liderança de seu grupo na escola. Só então, de forma construtiva, ele será solicitado a atender as necessidades individuais de cada um dos componentes de sua equipe, seja do professor de cada uma das disciplinas, do aluno, dos pais do aluno, do servente ou, emRead More…

Leia Mais...

QUASE OITENTA?

Dias atrás, ao pagar e sair do táxi que me conduzira em uma viagem repleta de conversas tolas e desvairadas, o motorista perguntou pela minha idade. – Setenta e Nove, disse eu. E em seguida desci. Em pé, na calçada, refletindo sobre a resposta que dera e, baixinho e para mim mesmo, repeti: Setenta eRead More…

Leia Mais...

UMA PROFESSORA DE BELEZAS

A aposentadoria de Maria Izabel causou tristeza na pequena cidade do interior de São Paulo onde, há muitas décadas, lecionava. Todos os moradores da cidade, de uma maneira ou de outra, foram seus alunos e era impossível não se encantar com as aulas de matemática, que transformando números em brinquedos conquistava a todos, mas sobretudo,Read More…

Leia Mais...

AULA DE GEOGRAFIA

– A aula de hoje queridos alunos é sobre um dos países de nosso tempo. Apresentarei suas características, mas não fornecerei seu nome e a tarefa de vocês, organizados em grupos, será uma pesquisa em que buscarão descobrir a qual país me refiro.  Lembro que nosso planeta abriga atualmente mais de duzentos países e um,Read More…

Leia Mais...

BOM DIA 2060

Estamos em 2016 e, portanto, faltam apenas 46 anos para 2060. Quarenta e seis anos pode até ser muito para qualquer pessoa, mas é um nada para a história de um país, apenas um “depois de amanhã” para qualquer nação do planeta. Mais da metade da população brasileira, por exemplo, estará por aí aguardando aRead More…

Leia Mais...

A CRIATIVIDADE É FILHA DA DIVERSIDADE

A escola brasileira, pública ou particular, assassina a criatividade, uma vez que esta perspectiva inteligente abriga dois ingredientes imprescindíveis, sempre ausentes em nossas escolas. O primeiro fator da morte da criatividade advém de um currículo segmentado que impõe limites à expansão do pensamento e a fuga de uma trilha mental subserviente e rotineira. O segundoRead More…

Leia Mais...

PROFESSOR IMPRESCINDÍVEL

A afirmação causou espanto e perplexidade. Mesmo partindo de Tonhão, simplório e falastrão, o que acabara de dizer deixou seus amigos de conversa atônitos, perplexos. Em meio a habitual conversa entre colegas em que futebol e mulher, não necessariamente nessa ordem, são os assuntos do momento, afirmar com convicção que era um “Lésbico” deixou aRead More…

Leia Mais...

PROFISSÃO: PROFESSOR INSISTENTE! PROFESSOR PERSEVERANTE! PROFESSOR INCANSÁVEL! OU, APENAS… PROFESSOR!

Impressiona a todos o magnífico trabalho de um adestrador. Lidando com feras, mas com extrema competência e não menor paciência, vai aos poucos treinando leões e tigres, cavalos e até elefantes, obrigando-os a se curvarem a seu comando e, assim, se fazerem “artistas” de circo onde, dóceis e pacientes, seguem os ditames do domador. ImpressionaRead More…

Leia Mais...

UM PROFESSOR, UMA MULHER, UMA FLOR

A Terceira Guerra Mundial, como todos sabem, trouxe o colapso da civilização. Megalópoles, cidades, vilas e aldeias foram destruídas e até mesmo o campo foi devastado pelas granadas atômicas. A maior parte das pessoas morreu e os poucos sobreviventes, aturdidos, perderam estímulo para a vida e os resquícios da autoestima. O trabalho foi abandonado, osRead More…

Leia Mais...

DESCALABRO

Descalabro. Era essa uma palavra que sempre ouvia de meu pai, mas ainda que imaginasse o seu significado pela seriedade com que o velho a enunciava, confesso que não sabia seu real significado. Descalabro. Ainda hoje penso nessa estranha palavra, perguntando-me se alguém destes tempos líquidos e atuais a emprega e com qual finalidade aRead More…

Leia Mais...

ANGUSTIANTES DORES DE UM PARTO

Épocas de transição são períodos difíceis, angustiantes, amargos. Foi assim nos tempos que precederam o Renascimento, também assim no epílogo da União Soviética e em tantos, tantos outros. São momentos em que uma ordem de ideias e valores começa a morrer na expectativa de outra inusitada ordem, que chega trazendo inseguranças e incertezas, acumulando asRead More…

Leia Mais...

DUAS FAMÍLIAS EXEMPLARES

Primeira família: Maria Helena, Reginaldo e Felipe: – Mamãe! Estou com uma fome de leão. Você prepara um lanche bem gostoso? – Claro que sim, meu anjo. Não existe alegria maior para a mamãe que o apetite de seu filho querido. Espere dois minutinhos e o lanche mais gostoso do mundo estará à sua frente…Read More…

Leia Mais...

A FOLHA E O TRONCO

Existem pessoas, e muitas, que vivem como folhas. Sua passagem pelo mundo, ainda que às vezes prolongada, são efêmeras, vazias, quase opacas. Amam e sofrem, abrigam alegrias e guardam decepções, mas estas sempre serenas não são marcantes e nunca decisivas. Passam pela vida, mas, como relata o poeta, não vivem verdadeiramente e as emoções queRead More…

Leia Mais...

CRIANÇA INDISCIPLINADA

Crianças ou mesmo adolescentes indisciplinados existem em toda parte. No Ocidente e no Oriente, mas o que difere, e muito, na eventual comparação entre nós e eles é o sentido em que se emprega o conceito de indisciplina. No mundo ocidental, tanto no lar como na escola, a criança indisciplinada é geralmente aquela que não se porta como osRead More…

Leia Mais...

QUANDO A CIÊNCIA SE DISFARÇA EM BRINCADEIRA

Se, por brincadeira, colocarmos um remédio cujos efeitos positivos salvaram milhares de vidas em um invólucro diferente e, no rótulo, uma figura infantil e, se ao contrário, colocarmos em outro involucro um pouco de água açucarada, mas o rótulo mencionar qualidades clínicas extraordinárias e apresentarmos esses invólucros, sem mais comentários, a uma pessoa adulta éRead More…

Leia Mais...

EXERCÍCIOS CEREBRAIS

Desde quando, na década de 1990, identificou-se a plasticidade cerebral como sendo uma propriedade da mente para se transformar e alcançar patamares significativamente mais expressivos descobriu-se que o cérebro, assim como os músculos do corpo, responde positivamente a estímulos e exercícios e, portanto, qualquer pessoa pode se desejar e se esforçar tornar-se mais inteligente, maisRead More…

Leia Mais...