CONFIRA ALGUNS COMPORTAMENTOS TÍPICOS DOS PROFESSORES E DOS PROFESSAUROS.

QUANDO O ANO LETIVO SE INICIA: 

PARA O PROFESSOR
É uma oportunidade de aprender e crescer, um momento mágico de revisão crítica e decisões corajosas.

PARA O PROFESSAURO:
É o angustiante retorno á uma rotina odiosa, o eterno repetir amanhã, tudo quanto de certo e errado se fez ontem.

QUANTO AO ACOLHIMENTO DOS ALUNOS: 

PARA OS PROFESSORES:
Alegria de percebê-los cada vez mais sábios e curiosos. A certeza de que não os ensinarão e sim contribuirão de uma forma decisiva para iluminar suas inteligências e afiar suas competências.

PARA PROFESSAUROS:
Nada mais do que ter que encarar chatíssimos clientes, que transformados em espectadores pensarão sempre mais na disciplina que na aprendizagem, na vagabundice que no crescimento interior.

QUANTO AS AULAS QUE IRÃO MINISTRAR. 

PARA OS PROFESSORES:
Um momento especial para propor novas situações de aprendizagens pesquisadas e por meio delas provocar reflexões, despertar argumentações, estimular competências e habilidades.

PARA OS PROFESSAUROS:

Nada além da repetitividade de informações que estão nos livros e apostilas, e a solicitação de esforços agudos da memória para acolher o que se transmite, ainda que sem qualquer significação e poder de contextualização ao mundo em que se vive.

QUANTO AOS SABERES QUE SE TRABALHARÁ: 

PARA OS PROFESSORES: 
Um volume de informações que necessitará ser transformadas em conhecimento, uma série de veículos para que com eles se aprenda apensar, criar, imaginar e viver.

PARA OS PROFESSAUROS: 
Trechos cansativos de programas estáticos que precisam ser ditos, ainda que não se saiba por que fazê-lo.

QUANTO A VIDA QUE SE VIVE E OS SONHOS QUE SE ACALANTA: 

PARA OS PROFESSORES: 
Desafios a superar, esperanças a aguardar, conhecimento para cada vez mais aprender, a fim de fazer da arte de amar o segredo do viver.

PARA OS PROFESSAUROS: 
A rotina de se trabalhar por imposição, casar por obrigação, fazer filhos por tradição. Empanturrar-se para se aposentar o quanto antes.